Maio Amarelo: Ação conscientiza servidores para segurança no trânsito

Categoria: Conscientização | Publicado: quinta-feira, maio 23, 2019 as 16:39 | Voltar

Campo Grande (MS) – Servidores da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) receberam na manhã desta quinta-feira (23.5) a equipe do Departamento Estadual de Transito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) para uma palestra de conscientização alusiva ao movimento Maio Amarelo que esse ano traz o tema “No trânsito, o sentido é a vida”.

"Essa é uma oportunidade da conscientização das pessoas"

O secretário de administração e desburocratização, Roberto Hashioka destacou a importância do Movimento Maio Amarelo e da participação de todos nessa iniciativa de segurança viária. “Essa é uma oportunidade da conscientização das pessoas. As vezes o carro pode se transformar numa arma, estando em mãos imprudentes de um condutor”, pontuou durante a abertura da ação.

A palestra foi conduzida pela gestora de educação de transito do Detran, Andréa Moringo da Silva, que apresentou dados referentes ao transito no Estado. “Conforme o departamento de informática do Sistema Único de Saúde (Datasus), em 2016 foram registradas 642 mortes, uma média de 24 óbitos a cada 10 mil habitantes” elencou.

Entre os servidores mais atentos, Eliane Alves dos Santos que afirma ser importante esse tipo de iniciativa. “Importante pois conseguimos rever temas imprescindíveis, que aprendemos quando tiramos a habilitação, e que fazem toda diferença na direção defensiva, que é a que devemos praticar no dia a dia” afirma.

Na mesma linha, o servidor Sinval Perez Zorato defende a condução segura. “Essas ações são benéficas para todos nós, que somos pedestres, condutores. O importante de tudo isso, mesmo que você já saiba, é relembrar e reforçar aquilo que você tem a obrigação de fazer no transito. Se você fizer a sua parte no trânsito, dificilmente irá se envolver em acidentes” afirmou.

O objetivo do movimento Maio Amarelo é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo e provocar discussões e atitudes voltadas a redução das estatísticas. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

Dados do Observatório Nacional de Segurança Viária apontam que, a cada 12 minutos, uma pessoa morre vítima de acidentes de trânsito no Brasil, e que 90% dos acidentes de transito têm como motivação falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção.

 

Mireli Obando, Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD)

Foto: Elaine Paes

Publicado por: Elaine Paes

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.