Leilão de mobiliário supera expectativa e arrecada R$ 98 mil

Com 17 lotes entre mesas, cadeiras, telefonia, computadores e materiais hospitalares o leilão de bens móveis superou a expectativa inicial

Campo Grande (MS) – Com meta de arrecadação inicial em torno de R$ 9 mil, o leilão de bens móveis entre mesas, cadeiras, telefonia, computadores e materiais hospitalares realizado pela Secretaria de Administração e Desburocratização na última quarta-feira (30) superou as expectativas fechando o arremate em R$ 98.350,00 mil.

O certame realizado no formato presencial e eletrônico ofertou 17 lotes que no total, receberam 624 lances de 2.725 visitantes. Entre os lotes mais concorridos, o lote n. 4 com bens diversos entre microcomputador, nobreak, aparelho de fax, impressora, calculadora e dentre outros itens avaliado inicialmente em R$ 800 e arrematado por R$ 18.800.

O Secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, destacou o trabalho desenvolvido pela Superintendência de Patrimônio e Transporte (Supat). “Isso é resultado do trabalho competente desenvolvido pela equipe Supat, que monitora o patrimônio do Estado e identifica quais estão aptos para venda. Dessa forma nos desfazemos de bens em desuso, diminuímos o número de criadouros de mosquitos e ainda arrecadamos recursos de ordem financeira para o Estado” pontuou Assis.

Rejane Monteiro, da assessoria de comunicação da SAD