Mais de 3,5 mil candidatos solicitam isenção da taxa de inscrição no concurso da Polícia Civil

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado, através da Secretaria de Administração e Desburocratização divulga na sexta-feira (30), o resultado dos pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição no concurso que abre 210 vagas na Polícia Civil. São 30 vagas para delegado (salário de R$ 14.978,26), 100 para escrivão e 80 para investigador, com salário atual de R$ 3.888,26, acrescido do abono de R$ 300,00.

De acordo com a Secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, até a última quarta-feira (14), data limite para a solicitação, foram protocoladas 3.559 pedidos de isenção da taxa de pagamento, sendo 1.876 somente na sexta-feira, o que exigiu uma força-tarefa dos servidores da pasta. “O importante é que todos os candidatos que nos procuraram para entrega de documentos, foram atendidos até as 17h”, pontuou Assis.

Segundo Assis, o número de solicitações deve aumentar, já que segundo consta no próprio edital, o candidato que reside em outros Estados ou no interior, poderia enviar a documentação pelo Correio obedecendo a data de protocolo até 14/06 às 17h.

Concurso

O concurso da Polícia Civil traz algumas inovações em relação aos concursos anteriores. As provas escritas, por exemplo, serão em datas e horários diferentes, o que vai permitir que o candidato possa disputar, por exemplo, a vaga de escrivão e investigador. Mas para isso ele tem que fazer duas inscrições, e a taxa para se habilitar para o concurso é de R$ 197,00. Para o cargo de delegado é exigido bacharelado em direito, e para os outros dois cargos, qualquer curso de nível superior.

Para este concurso optou-se pela descentralização dos locais das provas escritas. Para delegado, a prova será aplicada em Campo Grande no dia 20 de agosto e para escrivão e investigador, no dia 17 de setembro, na Capital, Dourados e Paranaíba. Outra inovação destacada pelo titular da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), Carlos Alberto de Assis, é que o edital traz todo o cronograma do concurso. “Isso é uma inovação, assim o candidato tem como se programar”, afirmou o secretário, destacando que fizeram parte da Comissão de Concurso, além de servidores da SAD, representantes da Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol), Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) e Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

As inscrições seguem abertas até 10 de julho.  

Rejane Monteiro – Assessoria de Comunicação da SAD

Foto: Majella